top of page

DOULA NO PARTO: TER OU NÃO TER?

Confira os benefícios de ter uma doula para te acompanhar durante o trabalho de parto e saiba como escolher a que mais combina com você

Dá pra ter um parto humanizado sem doula?
Claro.

E a mesma coisa?

Com certeza não.

doula.jpg

O QUE É DOULA E QUAL O SEU PAPEL NA GESTAÇÃO, PARTO E PÓS-PARTO?


A doula é uma mulher que la é dá suporte físico, emocional e informativo ao longo da gestação, parto e pós-parto.

Durante a gestação, o papel da doula é orientar e informar o casal sobre tudo o que pode acontecer durante o parto e até mesmo o pós-parto. Sua explicação será baseada em evidências científicas, ajudando assim a família escolher o que será melhor para eles e o bebê. Esse atendimento pode ser feito presencial ou à distância, com vídeos-chamadas, por exemplo. 


Durante o parto, o papel da doula é olhar para a parturiente, ajudando a trazer ao mundo o seu filho da forma mais tranquila e confortável possível. A doula usará métodos não-farmacológicos (banhos, massagens, aromaterapia, etc) para alívio da dor até a hora do nascimento. Tentando deixar àquela mulher o mais à vontade possível, confiante e calma para receber seu bebê. Verifique se o hospital, maternidade ou casa de parto permite doulas. 

 

Já no pós-parto, fará visitas à nova família, oferecendo apoio emocional, auxilio nos primeiros cuidados do bebê e até mesmo ajudar na amamentação. 

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DE TER UMA DOULA?

Em 1996, a OMS (Organização Mundial da Saúde) citou os benefícios de se ter uma doula durante a gestação, parto e puerpério no documento "O Relatório de Maternidade Segura – Assistência ao Parto Normal: um guia prático (Genebra, Suíça, 1996). Entre esses benefícios estão: 

 Redução de 50% dos índices de cesarianas;
• Redução de 25% da duração do trabalho de parto;
• Redução de 60% nos pedidos de analgesia;
• Redução de 30% no uso de analgesia;
• Redução de 40% no uso de ocitocina;
• Redução de 40% no uso de fórceps.

Alguns outros estudos ainda apontam:

 

• Benefícios emocionais e psicológicos para mãe e bebê;
• Satisfação na experiência do parto;
• Aumento de sucesso na amamentação;
• Redução no número de mulheres com depressão pós-parto;
• Diminuição da baixa de autoestima e ansiedade;
• Diminui as taxas de intervenções desnecessárias

COMO ESCOLHER UMA DOULA

Sabe a expressão popular "o santo tem que bater?". Nada resume mais o principal critério para escolher uma doula. Claro que indicação e pesquisa são válidas, mas de nada adianta você contratar uma doula que a sua amiga adorou, se você não sentir afinidade com ela. Os cursos e certificados de uma doula vão te trazer confiança, mas não vão proporcionar afinidade. Para te ajudar nesse processo, aqui vão algumas dicas da Carla Capuano, consultora de gestação, parto e pós-parto dA Casita:
 

• Escolha algumas possibilidades de doulas para conversar e conhecer melhor antes de contratar os seus serviços

• Mas se você tiver uma conexão e gostar de cara de uma doula, siga a sua intuição e não a troque por nada!

• Dê preferencia para doulas que morem próximas a sua casa, para acioná-las em qualquer emergência

• Não contrate nunca antes de conhecer pessoalmente. WhatsApp é bom, mas nada substitui uma conversa olho no olho. 
• A doula precisa te dar livre acesso para se comunicar com ela.

• Escreva o seu plano de parto junto com ela. Na hora, pode fazer muita diferença quando ela sabe exatamente todas as suas vontades e tudo o que você não quer que aconteça.

Está procurando uma doula e não tem nenhuma indicação? Entre em contato com A Casita através do WhatsApp (11)9 9370-9821 para conhecer a sua lista de doulas parceiras.
 

COMO ESCOLHER UMA DOULA

Sabe a expressão popular "o santo tem que bater?". Nada resume mais o principal critério para escolher uma doula. Claro que indicação e pesquisa são válidas, mas de nada adianta você contratar uma doula que a sua amiga adorou, se você não sentir afinidade com ela. Os cursos e certificados de uma doula vão te trazer confiança, mas não vão proporcionar afinidade. Para te ajudar nesse processo, aqui vão algumas dicas da Carla Capuano, consultora de gestação, parto e pós-parto dA Casita:
 

• Escolha algumas possibilidades de doulas para conversar e conhecer melhor antes de contratar os seus serviços

• Mas se você tiver uma conexão e gostar de cara de uma doula, siga a sua intuição e não a troque por nada!

• Dê preferencia para doulas que morem próximas a sua casa, para acioná-las em qualquer emergência

• Não contrate nunca antes de conhecer pessoalmente. WhatsApp é bom, mas nada substitui uma conversa olho no olho. 
• A doula precisa te dar livre acesso para se comunicar com ela.

• Escreva o seu plano de parto junto com ela. Na hora, pode fazer muita diferença quando ela sabe exatamente todas as suas vontades e tudo o que você não quer que aconteça.

Está procurando uma doula e não tem nenhuma indicação? Entre em contato com A Casita através do WhatsApp (11)9 9370-9821 para conhecer a sua lista de doulas parceiras.
 

QUER MAIS INFORMAÇÕES/RECEBER NOVIDADES SOBRE GESTAÇÃO, PARTO E PÓS-PARTO?

Obrigado! Em breve entraremos em contato!

bottom of page